Páginas

sexta-feira, novembro 23, 2012

Lançamento Três Em Um: Narval + Yuri

A coisa demorou pra engatar, mas engatou. Depois de um longo período sem conseguirmos publicar, estamos agora de volta ao prumo. Pra coroar essa boa nova (que detalho em breve, porque vale contar um pouco como saímos do nosso limbo editorial), lançamos em outubro mais uma Gazzara (dessa vez do grande Marcelo Costa, gêmeo do Magno Costa, ambos desenhistas de marca maior aqui de São Paulo) e a tão esperada (por mim pelo menos) MIL do Eloar Guazzelli. Resolvemos juntar forças com o jovem humorista, escritor e quadrinista Yuri Moraes (que lança sua publicação independente "the Awesome Trash-Sack Child"), a fazer um duplo lançamento, um na Monkix (http://www.monkix.com.br/) e outro mais informal e regado no Empório Sabiá, na Vila Madalena, tudo no mesmo dia. Vou me ater aqui à um breve parecer sobre a importância pra mim de publicar o Guazzelli (sem desmerecer de forma alguma o Marcelo Costa, que fiz e faço questão de dizer que é um dos artistas brasileiros que mais cresce e evolui atualmente). Sempre fui um grande admirador do trabalho do Guazzelli, conheço ele há alguns anos por conta do meu pai, e o conheci com mais intimidade quando participamos os dois da Feira do Livro de POA, ano passado, creio. Quem não o conhece ainda, perde de conhecer um dos caras mais intensos e cultos do nosso meio, com um humor implacável e brutal que está sempre se misturando com a indignação característica dos grandes gênios, que sentem em maior intensidade as cagadas do mundo, sofrem com a Bósnia e com Ruanda, com a Palestina, com gente na rua, com mal-caratismo e mesquinhez, rindo e chorando enquanto fala. É uma experiência encontrar o homem em um dia inspirado, vê-lo palestrar ou viajar em sua companhia. Tenho uma enorme admiração pelo sujeito, que além de um enorme coração onde moram seus dois filhotes e mulher, é uma universidade ambulante. Desculpe se exagero, Guazzelli, mas só peço desculpas a você. Pro resto, não espere menos do trabalho do Guazza. É de chorar. Guazzelli é daqueles casos intrigantes do quadrinho nacional. É um grande entre os grandes, mas não tão conhecido quanto eles. Dedicou e dedica grande parte do seu tempo à animação, mas precisamente aos concepts de personagem e cenário, o look dos filmes animados. Seu portfolio é absurdamente extenso, e inclui um projeto artístico de tirar fôlego no qual ele trabalha há anos onde uma enorme cidade visualizada de cima (meio google maps) é desenhada minuciosamente e montada em folhas que ele expõe raramente (imagino que por conta da dificuldade de achar um espaço tão grande quanto o trabalho). Ele é seguramente um dos autores que mais publica no Brasil, e pelas mais variadas editoras e projetos: adaptações literárias e de poesia, livros autorais, parcerias, ilustração infantil, coletânea de histórias curtas. Bom, deu pra ter uma ideia. A curva profissional é intrigante, visto que seu reconhecimento no Brasil não reflete (ainda) o volume e a grandeza de seu trabalho. Talvez por ter saído de Porto Alegre e reconstruído sua carreira em São Paulo aos poucos, talvez por se dedicar a tantos projetos ao mesmo tempo, talvez por ser pai de dois, fato é que me inspira muito acompanhar a trajetória do cara. Mais ainda ter a honra de publicar uma das mais belas histórias da nossa coletânea de autores. Sua história é simples: a cidade (essa entidade) foi abandonada. Restaram vestígios da presença humana, carros, prédios, trens, ruas, avenidas, hotéis. Tudo contado em cenário, pelo melhor cenarista do país. Ponto. Espero todos lá. Pra mim a coisa toda tem um gosto muito especial, pode ter certeza. Links: http://alemaoguazelli.blogspot.com.br/ http://www.flickr.com/photos/marc-magno/ http://yurimoraes.tumblr.com/ Um beijo, Rafa::

segunda-feira, outubro 15, 2012

Capa da Cachalote Francesa

Putz! Pois é, finalmente saiu. Publicada pela editora Kambourakis, com data prevista pra 7 de novembro. Só acredito quando chegar aqui na minha caixa de correio. Mas que ficou elegante essa capa, ficou.

quinta-feira, outubro 11, 2012

EL CABRITÓN

À convite do grande Leandro, fiz a fachada desse mês na loja El Cabritón, na rua Augusta. Além de muito parceiros, os cabrtónes são de um profissionalismo ímpar, e tocam com amor e muita organização um negócio muito plural de camisetas, design, loja e de projetos muito especial, à mais de sete anos. Mais parcerias estão programadas com os caras, dá vontade de trabalhar com gente afinada. Um beijo, Rafa::

quinta-feira, agosto 16, 2012

Uma História do Nelson

Fiz uma página prum jornal do Itaú Cultural do mês passado, resultado de uma linda exposição em homenagem ao escritor. A página ilustra um dos contos do livro "A Vida Como Ela É", "O Escravo Etíope". Tentei um estilo mais "antigo", acho que ficou legal.

Ilustrações pra TRIP

Ilustrações pra matéria sobre amigos, na TRIP desse mês. Cinco amigos do escritor Luiz Alberto Mendes, histórias muito emocionantes da vida dele. O desafio foi criar dois deles, que já se foram ou ficaram no passado do autor. Um prazer fazer.

sexta-feira, julho 27, 2012

Casa Intrínseca e a Honraria Maior

Que lindo foi ter meus desenhos plotados nas paredes da Intrínseca na FLIP. A casa ficou absolutamente preciosa, e acho que pra um artista não tem honraria maior. Só faltou conhecer a escritora Jeniffer Egan, e ter participado da bela festa na Flip. Quem sabe ano que vem? Obrigado, pessoal da editora. Realmente fiquei emocionado. Um abraço, Rafa::

terça-feira, julho 10, 2012

sexta-feira, junho 29, 2012



Amigos, parceiros, compadres e sócios,
Venho por meio dessa apresentar nosso querido projeto, O Beijo Adolescente – Segunda Temporada, o qual lançamos em crowdfunding à uma semana atrás. Crowdfunding nada mais é do que o financiamento de qualquer projeto em parceria com o público, sem intermediários entre o artista ou criador e o mundo. No nosso caso, nosso mundo são vocês, que acompanham passo a passo nossas pequenas e grandes guerras.

A guerra agora é a continuação da série que comecei no IG, ano passado, e que pretendo continuar de forma independente dessa vez. Me apeguei profundamente ao universo do Beijo, e tenho a história pronta e anotada, cheia de viradas e desdobramentos inusitados. Adorei fazer a primeira parte da HQ, e o retorno do público foi algo à parte, lindo demais. Pra terminar a saga, montei com meu sócio e parceiro André (aqui da Narval) um projeto de encher os olhos. Através de um site chamado Catarse, construímos uma série de recompensas e quitutes visuais relacionados ao universo do Beijo praqueles que nos ajudarem nessa empreitada. Basta entrar no site do projeto e escolher qual proposta se encaixa à sua ambição, realidade financeira e desejo consumista. Nos empenhamos pra deixar todos os pacotes bem atraentes, então não se acanhe, apoie com vontade e se torne nosso parceiro. Do lado de cá, garantimos a qualidade do projeto, dos produtos e do envio do material após a captação, sempre atualizando todos aqueles que investiram com novidades.

Bom, vou ficar por aqui senão fica chato de ler. Pra quer quiser saber mais, montamos uma fanpage do Beijo no Facebook, onde você pode acompanhar o andamento do projeto. Temos pouco tempo pra captar o valor total, então não deixe pra última hora. Precisamos do valor cheio pra viabilizar a coisa toda.

Contamos com vocês!

Um beijo,
Rafa
www.narvalcomix.com.br

domingo, junho 10, 2012

Ilustríssima sempre!


Um prazer participar da Ilustríssima. Se só sobrasse um centímetro quadrado no fim do caderno, eu topava. Um prazer fazer parte disso tudo, da proposta do caderno, do bom trato e cuidado com cultura, arte, com o raciocínio profundo do objeto analisado, seja ele qual for. Classe demais.

segunda-feira, junho 04, 2012

LANÇAMENTO MIL - ANO DOIS: BUKKAKE E DRINK EM SAMPA

Amigos, não se esqueçam que amanhã tem LANÇAMENTO do Drink - Segunda Edição e do Bukkake, na Mercearia!!!
Eu e o Pedro Franz estaremos presentes autografando os livros!
Que ótima oportunidade para tomar uma cervejinha depois do trabalho, hein? Não Percam!

Beijo,
Rafa::

terça-feira, maio 15, 2012

O Torreão - The Keep

Fiquei muito feliz de saber que a Intrínseca tinha anunciado o livro hoje. Agora posso dizer que sou fã da mulher mesmo, dois excelentes livros. Uma honra ter sido convidado pra capa! Valeu de novo, intrínsecos. Tô ficando viciado em fazer capas, que delícia é mergulhar assim num projeto.

Rafa::

Capa da Macmais - em busca da capa perfeita

Foi uma lutinha, mas acabou que o melhor layout venceu. Acho que agora dá pra mostrar as outras opções que caíram. Brigado, Sergios!






quinta-feira, maio 03, 2012

Ilustríssima do Tezza

Fiz a capa e o miolo de um texto do Cristovão Tezza esse mês passado, pra Ilustríssima. Texto excelente sobre a literatura, sua função e construção. Essas são as versões que gostei mais, se não tivessem que respeitar diagramação nenhuma. Valeu, Paulinho, adorei fazer.

quarta-feira, abril 11, 2012